(84) 3082-1871 / 3222-8231 / 3201-3807

Vacina Contra Hepatite B

Doença

É uma doença viral, inflamatória, que compromete as funções do fígado.
Caso não seja diagnosticada precocemente e tratada adequadamente, a Hepatite B pode levar a graves conseqüências, como cirrose e câncer hepático.
Se transmite, principalmente por via sexual e pelo contato com sangue contaminado, mas também pode ocorrer pela saliva e outros líquidos corporais.
A transmissão da mãe para o bebê durante a gravidez é causa de preocupação para a OMS (uma entre quatro crianças nascidas com o vírus vai desenvolver o câncer ou a cirrose).

Composição

Constituída por antígenos de superfície do vírus da Hepatite B, purificados.

Eficácia

Os anticorpos específicos contra Hepatite B aparecem em cerca de 95% das pessoas que receberam as três doses da vacina.

Indicações

* Recomendada para todas as crianças e adolescentes
* Adultos não vacinados e que não tiveram a doença também podem tomar a vacina, que é especialmente recomendada para: 
- Pessoas que cuidam de pacientes
- Profissionais da área da saúde
- Alcoolistas 
- Indivíduos com outras doenças hepáticas.

Contra-indicações

* História de anafilaxia a dose anterior da vacina ou seus componentes
* Doença moderada e severa adiam a vacinação

Esquema

*O esquema utilizado de rotina para crianças, adolescentes e adultos é de 3 doses. 
*A primeira dose é administrada na data escolhida, a segunda com 1 a 2 meses e a terceira 4 meses após a segunda (0, 1-2, 6).

Doses

Administrar por via intramuscular, 0,5 ml para crianças e 1,0 ml para adultos.

Reação

Produz reações de pequena monta como dor e tumefação, no local da aplicação.
Reações sistêmicas como febre são pouco freqüentes.

Considerações

Deve-se realizar controle pós-vacinal em situações como: 
* Contactantes de portadores de Hepatite B 
* Profissionais de saúde